GALERIA DE FOTOS

TEATRO MUNICIPAL MARGARIDA RIBEIRO FEIRA DE SANTANA - BA

O Festival

Música e cultura prometem aquecer o fim de semana, com o Festival da Sanfona e do Chorinho. O evento ocorrerá nos dias 25 e 26 de março ás 20h, no Teatro Margarida Ribeiro, recebendo músicos experientes e importantes para a cultura local e nacional.

O festival abre as portas dia 25 com shows instrumentais do acordeonista Rogério Ferrer e do bandolinista Ricardo Marques Trio, um dos melhores instrumentistas do Brasil e que provavelmente também apresentará chorinhos na guitarra. O primeiro dia será encerrado com Tito Perreira Trio, outro nome importante para o cenário musical.

A programação continua no dia 26 com apresentações dos Irmãos Barros Reis, duo de violinistas, Grupo Mandaia, o mais importante e famoso grupo de chorinho da Bahia e para encerrar a noite, o palco receberá Gel Barbosa, acordeonista paraibano de sucesso.

Feira de Santana, será a primeira cidade a receber o festival que passará pelas principais cidades baianas. Segundo Carlos Pitta, um dos criadores e coordenadores do evento, o território feirense sempre teve uma vocação incrível e maravilhosa para a sanfona.

"Visamos acima de tudo, mostrar boa qualidade da música popular brasileira através de grandes músicos. Queremos preencher as lacunas culturais da cidade, trazer elementos artísticos e ricos para que a população absorva bons valores" - disse Carlos Pitta.

O festival é gratuito e aberto a todos os públicos, não possui caráter competitivo, sendo apenas uma mostra cultural para a população, assim como uma forma de mostrar aos estudantes de música a riqueza de interpretação dos músicos. Além de Carlos Pitta, o artista Toinho Campos também foi responsável pela criação, idealização e coordenação do festival.

PROTOCOLOS: Cumprindo os protocolos de segurança contra a Covid-19, a entrada só será permitida mediante apresentação do comprovante de vacinas e uso de máscaras, assim como haverá disponibilidade de álcool em gel nas entradas. O número de cadeiras também foi reduzido para evitar aglomerações, portanto, é recomendável que os interessados cheguem cedo para garantir um bom lugar.

O evento tem o apoio da Prefeitura de Feira de Santana por meio da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Tavares Costa (FUNTITEC).

PROGRAMAÇÃO

APOIO CULTURAL
PATROCÍNIO